29/03/2017

Montmartre: meu lugar favorito em Paris

Oi, gente! Tudo bem? Se vocês me acompanham há alguns posts, devem saber que recentemente fiz um intercâmbio para Dublin, e de lá, pude viajar para Paris, um lugar que mora no imaginário da maioria das pessoas. Vou contar mais para vocês sobre o meu lugar favorito por lá, uma região chamada Montmartre
Montmartre é um bairro que fica numa colina e possui várias escadarias. Muita gente já ouviu falar dessa região por conta das gravações do filme Le Fabuleux Destin d'Amélie Poulain - e confesso que eu também só sabia dele por causa disso. Inclusive, passei pela região para ver o famoso Cafe des Deux Moulins, mas estava impossível: cheio de turistas e o lugar é muito mais bacana no filme do que pessoalmente. O bairro em geral é muito mais interessante do que esse ponto, ele tem uma carinha de boêmio e foi ganhando meu coração em cada esquina que passávamos!
 

Historicamente, o lugar tem um valor inestimável: no tempo dos gauleses, era um ponto de culto. Seu nome provém dos inúmeros mártires cristãos que foram torturados e mortos no local por volta do ano 250. Em 1133, passou para a jurisdição de monges que ali passaram a cultivar uvas para produção de vinho. Graças à sua posição estratégica, o monte foi centro de comandos militares. Em 1860, o bairro transformou-se num ponto de encontro importante de artistas e intelectuais, famoso pela sua animada vida noturna (modelos, bailarinas e pintores como Cézanne, Monet, Van Gogh e Renoir frequentavam bastante o lugar).
 


Falando nisso, vale lembrar que é lá que está o famoso Moulin Rouge (ele fica localizado numa rua que tem muitas lojas de produtos eróticos, cinemas especializados em pornografia e coisas do gênero, é uma loucura). No Square Rictus, você pode ver o Muro do Eu Te Amo, criado em 2000, que possui a frase de amor escrita em 250 idiomas! Uma graça. Se quiser comer um macaron tradicional e delicioso, vale dar uma passadinha na Biscuiterie de Montmartre, o preço é ok e eles tem várias opções bacanas pra presentear ou levar de lembrança, também.
Caminhando pelas ruas e escadarias, é possível ver várias intervenções artísticas e uma atmosfera super cool, misturada com esse clima tradicional parisiense. No ponto mais alto da colina, está a Basílica do Sagrado Coração, que tem uma vista incrível da cidade (mesmo se você optar por não subir pra ver do topo da igreja, do pátio dela já dá pra ter uma visão de tirar o fôlego!). E logo ali perto tem a Place du Tertre, uma região cheia de restaurantes e cafés, com uma pracinha no centro, onde artistas expões seus trabalhos. Aliás, os vários cafés são uma atração à parte: coloridinhos, charmosos, com carinha vintage... Tem pra todos os gostos e dão um clima muito gostoso pro lugar.


Ouso dizer que nenhuma região de Paris é tão Paris, quanto Montmartre! Pelo menos essa Paris que mora na nossa imaginação, com ares boêmios e artísticos, gastronomia e contrastes, sabe? Porque no geral, Paris é um grande centro e as outras partes acabam não sendo tão diferentes ou bonitas quanto lá! Espero que tenham gostado do post e me contem se já conheceram essa região ou se tem vontade de conhecer. Beijos!

Veja mais: Diário de Viagem Paris - Dia 01 / Dias 2 e 3 / Dias 4 e 5 / Hostel em Paris

28/03/2017

Vídeo: 5 Produtos Favoritos pro calor!

Oi, gente! Tudo bem? Sei que já até falei sobre outono aqui no blog, mas reparei que não tinha compartilhado por aqui esse vídeo com meus produtos favoritos para os dias de calor. Como ainda passaremos por muitos veranicos, considero que esse vídeo ainda tenha a sua relevância e vale a pena assistir. Dá o play e me conta o que achou:

Links mencionados no vídeo:
Black Friday em Dublin / Esfoliante de Pitaya / Sabonete de Lichia



Já conheciam esses produtos e usam algum deles? Me contem os produtos que vocês mais curtem usar no verão. Se inscreve lá no canal do blog pra acompanhar tudo primeiro e deixa seu like pra me ajudar a continuar gravando. Muito obrigada! Beijos.

27/03/2017

Dica de Anime: Death Note

Olá pessoal, hoje venho indicar um anime japonês inspirado em um mangá de mesmo nome: Death Note. A série conta a história de Light Yagami, um estudante de ensino médio no Japão, que acaba encontrando um estranho caderno preto, com um curioso nome em sua capa: "Death Note". Light acaba descobrindo que não se trata de um cadrno comum, e sim de uma ferramenta para realizar assassinatos de maneira eficiente e silenciosa. As poucas palavras contidas no Death Note são as instruções para se cometer essas mortes: escrever o nome da vítima, e mentalizar o seu rosto.

O poder de decidir quem deve morrer que o  caderno da para Light é o que move a série, tratando das questões éticas e morais de se fazer justiça com as próprias mãos. O adolescente se vê como um justiceiro, tirando a vida de criminosos para transformar o mundo em um lugar sem o mal. A sequência de mortes começa a chamar a atenção da polícia, que juntamente de um famoso detetive particular, conhecido como L, começam uma caçada pelo assassino misterioso.

A história apresenta uma mitologia muito interessante sobre entidades sobrenaturais, sobretudo da cultura japonesa, já que o verdadeiro dono do Death Note é um Shinigami, que é uma espécie de espírito da morte. Existem diversos shinigamis e eles vivem entre o mundo dos vivos e o dos mortos, por assim dizer. Estes seres não podem ser vistos pelos humanos, ao menos que o shinigami permita que toque em seu Death Note. Sendo assim, Light tem o poder de interagir com o verdadeiro dono  do caderno, o shinigami chamado Ryuk.

Uma novidade para os fãs da animação é o anúncio do filme live-action que esta sendo produzido pela Netflix. O filme terá algumas modificações quanto a sua ambientação já que será uma produção norte-americana, o filme não irá se passar no Japão, e nem os atores principais serão de origem asiática. Esse é uma mudança já prevista, já que dificilmente uma produtora americana se arrisca com produções fora do eixo de Hollywood.

O que nos resta é aguardar pra ver se o filme será bom ou não - espero que eles consigam passar a tensão que ocorre durante as investigações lideradas pelo detetive L, e não queiram transformar em mais um filme genérico de ação.
Para se preparar para o filme que estreia ainda neste ano (2017) assista a todos os 37 episódios do anime, que estão disponíveis na Netflix. Espero que tenham gostado da dica, e até a próxima.

26/03/2017

Testando: Sabonete & Esfoliante de Lichia - O Boticário

Oi, gente! Tudo bem? Hoje vim falar de dois produtinhos que vem no Kit Nativa SPA Lichia Corpo (que é composto por mais um item que não vai entrar aqui na resenha, a loção hidratante corporal). Minha mãe ganhou esse kit de presente e eu achei muito amor, por isso resolvi compartilhar tudo aqui com vocês (inclusive já falei sobre o sabonete líquido nesse vídeo).
A lichia é uma fruta nativa da China, reconhecida por suas propriedades nutritivas e com alto teor de vitaminas e sais minerais. O sabonete esfoliante cremoso possui extrato de lichia e é rico em pró-vitamina B5. Promete remover as células mortas e impurezas da pele, deixando-a macia e renovada. O sabonete líquido também possui extrato de lichia e é desenvolvido com agentes condicionantes que prometem limpar a pele sem ressecar.
As embalagens são iguais, em formato de bisnaga maleável e com a tampa de enroscar com abre e fecha para cima. Eu não sou muito fã desse estilo de tampa, conforme já mencionei aqui, sempre acho que ela não fica tão bem lacrada e se a gente não cuidar, ela vaza. Mas tirando isso, acho o modelo prático pra conseguir aproveitar bem até a última gota de produto.
O sabonete cremoso esfoliante possui uma esfoliação bem leve, dessas que dá pra fazer várias vezes na semana. Acho ele bem gostoso pra intercalar com uma esfoliação mais intensa (como com esse produto). O cheiro dessa linha é muito bom, frutal e suave, bem sofisticado e delícia - nada enjoado! -, fiquei apaixonada logo de cara. 
O sabonete líquido possui esse aspecto perolado e é um pouco mais denso que o sabonete cremoso esfoliante. O cheiro é o mesmo do resto da linha, bem delicioso e realmente senti que ele deixa a pele limpa,  bem macia e cheirosa ❤ Recomendo muito os dois produtos, porque cumprem o que prometem (apesar desta abjeta tampa). Encontrei o kit (com os três produtos) pra vender na loja virtual da marca por R$54,90 e achei que é uma ótima ideia de presente! Espero que tenham gostado de saber :) Beijos!

25/03/2017

25 ideias de looks para usar no outono

Oi, gente! Tudo bem? O outono começou nessa semana e embora ainda não tenha feito um friozinho considerável, estou aguardando ansiosamente por esse momento ❤ Selecionei 25 ideias bem interessantes de looks pra compor nessa época (alguns mais aquecidos, outros nem tanto, porque outono é assim mesmo). O conforto tem que predominar e pra isso, nada melhor que peças mais soltinhas, casacos mais larguinhos e compridos, meias e sapatos sem salto (ou com salto pequeninho). O que acho mais bacana é essa cartela de cores com tons terrosos, vinho, mostarda, verdes escuros, rosa clarinho, preto e branco. Minhas peças favoritas são as que tem acabamento em camurça ou pelinhos, combinadas com peças mais leves... E nós pés as botinhas, oxfords, tênis dos mais variados modelos e o mule (ou mocassim mule).
 

E aí? Animados para o friozinho? O que vocês acharam da minha seleção? Qual foi o look que vocês mais curtiram? Me contem aqui nos comentários! As imagens são todas do Pinterest e coloquei os créditos de acordo com o que o site fornecia como origem :) Beijos!
 

24/03/2017

Vídeo: Meu intercâmbio pra Argentina

Oi, gente! Tudo bem? Já tinha mencionado aqui algumas vezes que entre agosto e outubro de 2007 fiz um intercâmbio no meio do ensino médio, para Córdoba, na Argentina. Algumas pessoas me pediram para falar mais sobre essa experiência, relatando os principais acontecimentos e o que achei de ter feito esse intercâmbio, então gravei esse vídeo para compartilhar com vocês. Espero que gostem!

Links mencionados no vídeo: Camisetas / Fotos de Córdoba

  ❤

Vocês também fizeram intercâmbio no ensino médio ou gostariam de ter feito? Obrigada por assistir! Deixa seu like e se inscreve no canal, pois isso me ajuda muito a continuar trazendo conteúdos em vídeo pra vocês :) Beijos.

21/03/2017

Top 5: Trilhas sonoras do cinema

Olá pessoal, hoje venho trazer uma lista com 5 trilhas sonoras marcantes do cinema. A trilha sonora muitas vezes traz consigo a alma do filme, dita o ritmo das cenas, e muitas vezes rouba a cena e acaba se tornando o ponto mais marcante que o próprio filme em si. Essa lista é de gosto pessoal, gosto bastante de filmes que trazem músicas já consagradas, ou de cantores conhecidos, encaixadas de forma natural no filme.

Guardiões da Galáxia

A trilha do filme da Marvel se tornou um dos grandes atrativos, desde os trailers, tendo participação especial até mesmo no desfecho da trama. O diretor James Gunn colocou uma trilha que embala a vida do terráqueo Peter Quill (Chris Pratt), ele que é abduzido ainda quando criança, tendo assim como sua única referência de seu planeta natal essa fita com clássicos dos anos 80. A fita que Peter leva consigo, e que carrega toda a trilha sonora do filme, foi um presente de sua mãe, que antes de morrer deixa para Quill um segundo volume de uma fita que vamos ver no novo Guardiões da Galáxia que estreia no dia 5 de Maio aqui no Brasil.
Destaque para as músicas: Hooked on a Felling - Blue Swede, Moonage Daydream - David Bowie e Escape - Rupert Holmes.


As vantagens de ser invisível

Baseado em um livro de mesmo nome (The perks of being a Wallflower) a história aborda temas pesados, como depressão e suicídio, e a trilha sonora do filme alterna entre momentos de extrema depressão, auto afirmação e êxtase. A história gira em torno de Charlie (Logan Lerman) um adolescente sofre com histórias de sua infância, e é diagnosticado com um quadro de depressão. Charlie, agora ingressando no ensino médio, tem muitas dificuldades de relacionamento, até conhecer seus futuros grandes amigos Sam (Emma Watson) e Patrick (Ezra Miller).
Destaque para as músicas: Dear God - XTC, Heroes - David Bowie e Come on Eileen - Dexys Midnight Runners.


Kill Bill Vol. 1

O diretor Quentin Tarantino sempre é conhecido pelas ótimas trilhas sonoras, recheadas com músicas de sucesso e outras desconhecidas e que após seus filmes se tornam icônicas. Em Kill Bill, o filme alterna entre músicas frenéticas que embalam as violentíssimas lutas, canções japonesas, e outras instrumentais. Destaque para o Vol. 1, o filme é separado em dois volumes e traz Uma Thurman no papel de Beatrix Kiddo, que busca vingança contra os seus ex parceiros de crimes, que arruinaram suas chances de recomeçar sua vida longe da gangue comandada por Bill (David Carradine)
Destaque para as músicas: Don't Let Me Be Misunderstood - Santa Esmeralda, The Flower of Carnage - Meiko Kaji e The Lonely Shepherd - Zamfir.


Drive

Drive mostra a vida do mecânico e um motorista dublê interpretado por Ryan Gosling, que em suas horas vagas presta serviços de motorista de fuga para criminosos da cidade. O personagem de Gosling não tem um nome propriamente dito no filme, e sua vida começa a se complicar quando ele tenta ajudar sua vizinha Irene (Carey Mulligan) e sua família, a quitar uma dívida com certos bandidos. A ambientação noir do filme, com uma fotografia muito bonita, e a trilha sonora foram alguns dos responsáveis por tornar esse filme em um aclamado cult.
Destaque para as músicas: Night Call - Kavinsky & Lovefoxxx, Under Your Spell - Desire e The Oh My Love - Riz Ortolani feat. Katyna Ranieri.


Shrek

Shrek dispensa apresentações, o primeiro filme que trouxe o impaciente ogro aos cinemas, foi também o primeiro vencedor do Oscar na categoria de melhor animação, criada no ano de 2002. O longa trouxe uma concepção de contos de fadas bem diferente das tradicionais produzidas pela Disney, tornando-se um grande sucesso entre os críticos e o público, colocando a Dreamworks dentre as grandes produtoras de filmes de animação digital. A trilha sonora da animação tem uma pegada bem noventista, encabeçada principalmente pelas canções interpretadas pelo Smash Mouth.
Destaque para as músicas: All Star - Smash Mouth, I'm a Believer - Smash Mouth e Bad Reputation - Halfcocked.


Espero que vocês tenham gostado, esses foram apenas algumas das trilhas sonoras que vieram a minha cabeça, que apresentaram músicas não originais nos filmes, você tem alguma trilha sonora preferida? Conta pra gente aqui nos comentários. Até a próxima.
 
Brilho de Aluguel © 2010 - 2017 | By Thayse Stein