29/12/2014

TV Brilho de Aluguel: Um papo sobre cinofobia

Quebrando um pouco o clima de fim de ano, vim falar de um tema um tanto diferente e pessoal. Muitos de vocês já sabem que tenho cinofobia, porque já mencionei isso algumas vezes aqui e falei no vídeo 50 fatos sobre mim (que aliás recomendo pra quem ainda não viu e quiser saber mais sobre a blogueira que vos fala - o melhor de tudo é que fiz super rapidinho e dinâmico). Resolvi bater um papo meio informal sobre isso com vocês através de um quase-vlog (não sou muito boa nisso, mas tô treinando). Contei várias curiosidades e esclareci algumas coisas, vem ver:




Desculpem pelo término abrupto do vídeo, mas se quiserem saber mais sobre isso e minhas experiências e opiniões é só falar que eu gravo outro vídeo depois! Não se esqueçam de fazer a inscrição lá no canal do blog. Beijos!


22 comentários:

  1. Nossa, eu te entendo MUITO! Também tenho cinofobia desde dempre, mesmo sem nunca ter sido mordida por cachorro e é bem chato, porque a maioria das pessoas não entendem e acham que é frescura. Ah, eu tb coloco bota/tênis/calça quando eu sei que vai ter cachorro hahaha

    www.brazilianvogue.com.br

    ResponderExcluir
  2. ah legal vc abordar esse tema pq acho que mt gente pensa que é frescura msm...
    boa virada de ano pra vc lindona

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oi Thayse, tudo bem?

    Poxa, que coisa! Eu amo cachorros e não consigo imaginar ter cinofobia algum dia, sabe? Mas mesmo assim entendo você, e concordo quando você disse que não é porque alguém tem cinofobia que vai tratar mal os cachorros, né?
    Ao contrário de você, quero ter muitos cachorros... Mas sei bem no que isso implica e também sei que é uma responsabilidade enorme. Como você disse, não é só "querer e alimentar", trata-se de uma vida como a nossa.

    Beijocas
    http://www.carolice.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei o video, é preciso conviver e realmente requer muita atenção por ser um problema e não somente um receio
    bjs
    garotainvitro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa, eu morro de medo de cachorro, desde que fui mordida quando era pequena mas não chega a ser cinofobia, mas eu acho que eu tenho herpetofobia, morro de medo de calango, lagartixa e animais desse tipo :/.Beijos adorei vídeo.

    www.brendacaroline.com.br
    www.brendacaroline.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, muito legal você falar sobre isso, hoje em dia é bastante comum este medo e muitas pessoas acham que é frescura, o que não é!

    Já estou te seguindo, se puder pdoe me seguir? Obrigada!

    Feliz 2015, um ano repleto de amor, paz, saúde e sucesso.
    beijão
    http://blogcarolinafaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adorei o video! Nunca tinha visto ninguém com cinefobia, bem interessante!

    Beijo e feliz 2015!
    www.tatices.com

    ResponderExcluir
  8. Mandou bem no vídeo, não sabia nadaaaa sobre o assunto, foi bem esclarecedor.

    Preserve Suas Raízes

    ResponderExcluir
  9. adorei seu video!! Meu namorado tem isso, ficar super nervoso quando vê algum cachorro. Ele gosta muito de animais, o meu cachorro como é pequeno e bobalhão, ele já se acostumou, mas com qualquer outro ele fica super tenso. Eu nunca tinha conhecido ninguem assim antes dele, e agora vc. E, bem, se isso não atrapalha a sua vida, nao precisa procurar tratamento msm. :PP

    Beijos e feliz 2015!!
    http://gipsyyy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu passo pela mesma situação, fico bem nervosa quando tem cachorro perto de mim, é algo inexplicável. Beijos

      Excluir
  10. A forma como você explicou no vídeo ficou bem clara, não tem nada haver com frescura ou coisas assim. Eu pensei que quem tinha cinofobia era por causa de mordida ou algum fato com cachorro, sei lá. Deu pra entender bem o que é (:

    Beijoos, Ana Carolina
    Simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  11. Fobia é realmente uma coisa louca, infelizmente, ninguém escolhe. Eu tenho fobia de gente rsrsrs. É sério e triste ao mesmo tempo, mas estou tratando.
    Eu não conhecia essa fobia, mas entendi bem com a explicação;
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nossa, super te entendo, e achei o vídeo muito bom, você explicou de um jeito super bom. Amei o post!

    http://newsdayoff.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Flor, nossa! Acho que você teve varias experiencias nao muito boas com cachorros. Eu também adoro, mas acho que pegar um bicho, so para ter e nao cuidar, pura maldade ne! Adorei o video, super fofa!
    bom ano novo!
    Monikinhaflor.com.br
    Fan Page
    Instagram

    ResponderExcluir
  14. Tha que interessante, poxa vc teve bastante convivencia com cachorro pelo que disse acho que deu pra saber se é ou não sua praia né?
    Por outro lado eu já amo cachorro, meu sonho é ter um espaço pra criar os cachorros sem lar =)

    Eu moro sozinha e tenho uma cachorrinha, morro de dó dele ficar sozinha no apartamento mas por um lado ela é bem independente e acabou se tornando minha companheirinha <3
    Não me imagino sem ela rss..

    bjos
    kammy
    Comer, Blogar, Amar

    ResponderExcluir
  15. Que tenso, Thay! Eu sou apaixonada por cachorro, não consigo me imaginar com cinofobia. Mas acho que o mais incrível dessa história é ver que você se importa com eles mesmo querendo distancia, parabéns!

    Ah, saiu um post lá no blog com foto sua, ok? Segue o link: http://www.anadodia.com/2014/12/para-amar-oculos-redondo.html?utm_source=bp_recent&utm-medium=gadget&utm_campaign=bp_recent

    Beijão, Ana do dia ♥

    ResponderExcluir
  16. Muito bom mesmo o vídeo, vou passar para todas as pessoas que acham frescura isso ahsuahsasa
    Tenho também desde sempre e nunca fui mordida, é algo muito inexplicável mesmo, pq já cheguei ao ponto de me jogar na frente de um carro por causa de um cachorro :(
    Acho eles a coisa mais fofa e realmente gostaria de perder o medo, ainda quero ter um cachorro e poder cuidar, porém está meio distante. Já tentei ter um, no entanto me tranquei dentro de casa e não saia de forma nenhuma com o cachorro no quintal, foi melhor doar.

    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me identifico super! Já tentei ter cachorro com minha irmã aqui em casa, mas aí eu que fico presa, não consigo chegar perto, é horrível. Eu nunca fui mordida e também já cheguei a me jogar na frente de carros várias e várias vezes (inclusive já subi num carro por causa de um cachorro solto). É uma situação vergonhosa e ao mesmo tempo tensa, que ninguém respeita por não entender e achar que somos frescas :/ Beijos, Clarissa!

      Excluir
  17. Quando eu era crianca, eu tbm tinha um pavor de cachorro, podia ser pequininho que eu corria, chorava, pulava no colo da minha mae, fazia um escandalo rsrss, não era um medo normal sabe? Era um pavor, e todo mundo ria de mim, me chamava de fresca, essas coisas. E cresci com isso, um pavor, sendo chamada de fresca, porque podia ser um cachorro tamanho de uma formiga, que eu paralizava (qdo eu era pequena eu corria) ai fui crescendo, tive que ir p/escola sozinha, facul, trabalho e me deparava com cachorros na rua né? Claro! As vezes eu atravessa bem rapido, voltava p/traz, mas em são paulo, não são todas as ruas que da p/fazer isso, e assim fui perdendo o pouco o medo. Hj em dia de cachorro pequeno que vem p/meu lado eu nao tenho medo, se ele vim normal, mas se ele vim latindo ou olhando, fico com um medo sim,, e cachorro grande ainda tenho muito medo, e não chego perto, pavor.
    Não sabia desse nome (dessa doença) e pelo seu video, acho que eu tive, ou tenho tbm... Mas sofri muito com o medo e com o bulling que ate minha propria mae fazia de mim, e ate hj conta p/todo mundo rindo, eu não achava graça, sabe? Porque era um medo muito desesperador, um pavor, nossa doi ate de lembrar. Fora das vezes que eu apanhei da minha mae, porque tinha medo de cachorro, e eu chorava nos lugares, principalmente se o cachorro fosse pequeno. Meu pai (contrario de minha mae, muito paciente e querido) compro um cachorrinho a pilha, que andava e latia p/ver se eu perdia o medo rsrss, nessas pequenas coisas que sinto saudade, mas isso ja é outra historia...

    Bom, Quis compartilhar com vc, pois nunca falo disso, mas achei bacana *-*
    Bjuuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Ju, me identifiquei muito. Muita gente acha que sou fresca ou acha que tô fazendo cena. Eu subo nas coisas quando vem cachorro pra perto de mim (mesas, cadeiras e o que estiver perto), passo mal, fico nervosa, me dá um negócio horrível. Eu fico ruim de imaginar que tem cachorros circulando no lugar que eu tô (tipo tinha uma amiga minha que o cachorro ficava embaixo da mesa quando ela fazia as refeições, pensa no meu APAVORO. E as pessoas te olham torto, ficam pensando que tu quer chamar atenção, é um negócio angustiante. Só quem sente, entende, os outros acham que é bobagem e eu me sinto péssima por isso. Que legal você compartilhar sua experiência aqui, embora seja triste, é bom saber que mais pessoas também passam pelo que eu passo e que me entendem. Beijos!

      Excluir


Obrigada por visitar o Brilho de Aluguel!

Deixe seu comentário e eu responderei assim que possível.

Dúvidas, sugestões ou reclamações? Envie um e-mail para blogbrilhodealuguel@gmail.com

 
Brilho de Aluguel © 2010 - 2017 | By Thayse Stein