09/11/2016

Onde ficar em Berlim: Pegasus Hostel

Oi, gente! Tudo bem? Para mim, uma das coisas mais legais de viajar é poder produzir e pensar em novos conteúdos aqui para o blog. Quem me acompanha la no Instagram (vem seguir @brilhodealuguel) sabe que ingressei num "mochilinho" pela Europa - porque tirei alguns dias de holiday - e quero compartilhar várias coisas com vocês por aqui logo mais ;) mas, vamos começar pelo hostel que fiquei em Berlim, na Alemanha, no final de outubro.
 
Pesquisamos bastante antes de escolher esse hostel e vimos muitos preços atrativos - porém alguns tinham quartos pra dividir com mais de 30 pessoas e achamos que era muita muvuca. O Pegasus fica na parte oriental de Berlim, bem perto da estação Ostbanhof e do muro de Berlim, num lugar bem interessante. Ele fica afastado do centrão com as principais atrações da cidade, mas como vocês já sabem, a gente sempre caminha muito quando viaja, então isso não foi um problema.
 
O hostel é super simples (mas tem elevador! ❤ ah, e vale ressaltar que ele tem um mercado bem na frente), com uma recepção com sofás e umas maquininhas de snacks e bebidas, a cozinha é bem pequena e não conseguimos usar pra fazer nada além de chá porque ela não tinha muitos equipamentos e tava sempre cheia. O café da manhã é cobrado a parte e custa algo em torno de €6 - mas não chegamos a experimentar, preferimos comprar coisas em padarias ou tomar café fora mesmo. Na parte de trás tinha uma espécie de jardim com mesinhas, bem gostoso pra ficar. Notamos que o ambiente é bem familiar, porque esbarramos com algumas crianças e carrinhos de bebê nos corredores. Porém, achei que o check in é super tardio, só a partir das 16h!
 
Só queríamos mesmo um local pra deixar as coisas, tomar banho e dormir, e pra isso ele cumpriu bem o papel. Inclusive uma das coisas que fazem toda diferença no hostel é um bom chuveiro e isso ele tinha. Ah, falando nisso, o banheiro era para uso só do nosso quarto e tinha todas as partes separadas: dois chuveiros, um vaso com uma pia e uma pia sozinha. Uma coisa que achei interessante era que os beliches tinham bastante distância entre a cama de baixo e a de cima, sabe? Não tinha como bater a cabeça e ficava bem espaçoso. No quarto não tinha secador e nem lockers, os armários com chave eram pagos separadamente e ficavam próximos a recepção...
 
O hostel oferece bicicletas por €10 pra usar durante o dia inteiro e vale muito a pena, Berlim é um lugar perfeito para andar de bicicleta, as pessoas respeitam muito os ciclistas no trânsito e a cidade é toda pensada para isso. No fim das contas, acho que o lugar vale a pena, apesar dos pontos negativos, porque o preço super compensa e nós queríamos mesmo fazer uma viagem bem low cost. Pagamos pouco mais de €10 na diária, por pessoa, totalizando €107 no final das contas (para duas pessoas, cinco dias), num quarto com mais oito pessoas (dessa vez, dividimos o quarto apenas com mulheres, mesmo o quarto sendo misto, tinha sérvias, espanholas e uma italiana).
 
Espero que vocês tenham gostado de saber mais sobre o hostel e que ajude quem procura por esse tipo de acomodação! Beijos.


19 comentários:

  1. Thay

    Estava ansiosa pelos nos diários de viagem, considero que os seus são muito completos e repletos de dicas super úteis.

    Bjos, Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju! Tudo bem? Obrigada pelo seu comentário. Pode deixa, vou fazer tudo bem relatadinho aqui, os de Berlim já estão quase terminando :D Beijão

      Excluir
  2. Ai como eu amooooo Berlim, lugar que moraria fácil. Otima dica
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Ai como eu queria conhecer tbm esses lugares maravilhosos <3

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esse "mochilinho" de vocês tá sendo demais! Já estava super empolgada esperando pelos posts sobre ele hahahahaha. Adorei esse hostel! Apesar de ser um pouco distante do centro, ele possui ótimas dependências, então vale a pena a hospedagem. Gostei bastante do fato de haver um mercado bem em frente a ele, eu prezo muito por isso quando to procurando um lugar pra dormir hahahaha. Ainda achei incrível ele disponibilizar bicicletas pra aluguel (mesmo eu não sabendo andar de bike — sim, acredite kkkkkk). Hosteis são a melhor forma de economizar em uma viagem, por isso, quando eu fizer um mochilão, eles serão a minha primeira opção de hospedagem, sem dúvidas! Obrigada pela dicaaa!

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

    ResponderExcluir
  5. Ficou super baratinho!
    Em Amsterdam ficamos em um hostel (Teleport) com pegada de hotel, pq era muito bem cuidado e e e <3 Só que o lance de alugar as bikes de lá não valia a pena pq era mais caro do que alugar no centro da cidade!
    A Bela, não a Fera | Youtube A Bela, não a Fera | Fã Page no Facebook

    ResponderExcluir
  6. Que lugar encantador, acho que no fim a melhor escolha de hostel é o que fica melhor localizado né?!
    beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Mercado na frente melhor coisa, haha ❤ O clima do hostel parece ser bem legal mesmo, amei o pátio!

    ResponderExcluir
  8. Fica bem em conta mesmo. Adorei o passeio de vcs.
    Tá sendo uma experiência maravilhosa né, Thay?
    Bjoka http://diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  9. Amo seus posts sobre Berlim, achei o lugar bem simples, mais pra quem quer passear e conhecer a cidade compensa demais. Já que é um lugar mais barato e que a gente nem vai ficar tanto.. Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira , Instagram

    ResponderExcluir
  10. Que lugares lindos.

    http://www.blogsecretplace.com/

    ResponderExcluir
  11. Que ótima dica, realmente ficar em Hostel fica bem em conta e para quem vai mochilar é uma beleza!!! Vale super a pena,
    adorei saber também das bicicletas! Muito legal! Um cantinho bem simpático mesmo!

    bjs
    Patty Lye
    www.pattylye.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ai que amor esse hostel! Acho legal de observar a diferença dos hostels europeus para os daqui de SP, esses mais baratos parecem um hotel 5 estrelas perto dos daqui HAHAH Gostei muito do post, pretendo um dia ir pra essa cidade, na verdade quero ver a cidade onde meu bisavô nasceu e quem sabe né? HAHHA Sei que tem uma cidade aí com meu sobrenome é Wolf alguma coisa, imagino que tenha várias pessoas com meu sobrenome por aí, dizem que é como Silva HAHAH Enfim, parei gostei muito do post :3

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  13. Amo cada post do seu, ótima saber de tudo por ai!!
    Beijinhoos. ❤
    Amor de Lua Azul
    Instagram - Google +

    ResponderExcluir
  14. Caramba, adoro ler esse tipo de post! Me senti como se estivesse contigo ai em Berlin! Continue fazendo esse tipo de post é super interessante, principalmente se um dia eu tiver a oportunidade de visitar a Alemanha
    Escritas de Verão

    ResponderExcluir
  15. Quero muito viajar. Os hostels aprecem ser uma óptima opção.
    Beijinhos*
    Confissões de uma Pecadora

    ResponderExcluir
  16. Gostei bastante da dica! Berlim é lindo e para quem procura economizar o Hostel
    e sempre uma opção.
    Eu nunca fiquei em um, tenho um pouco de medo porque não sei conviver muito bem com gente que não conheço, mas seria um desafio para mim o que valeria a pena pela experiência e economia hehe
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  17. arrasou na indicação, qd fui a berlim fiquei num ibis da vida, foi ok, mas esse hostel é uma indicação bem mais bacana!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir


Obrigada por visitar o Brilho de Aluguel!

Deixe seu comentário e eu responderei assim que possível.

Dúvidas, sugestões ou reclamações? Envie um e-mail para blogbrilhodealuguel@gmail.com

 
Brilho de Aluguel © 2010 - 2017 | By Thayse Stein