01/12/2016

Dica de filme: Ghost in The Shell

Ghost in the Shell é um manga lançado originalmente no final dos anos 80 no Japão escrita e ilustrada por Masamune Shirow, porém a adaptação para os cinemas em 1995 conseguiu atingir um público maior, tornando-se após alguns anos referência para o Cyberpunk, além de influenciar obras do gênero até hoje – incluindo o mundo de Matrix criado pelas irmãs Wachowski. Ultimamente vêm sendo falado bastante a cerca da obra de Masamune, pois em 2017 será lançado o live-action, aguardado pelos fãs, e junto com o anúncio da produção do filme, veio também a notícia que a atriz Scarlett Johansson irá estrelar o longa no papel a personagem principal: Major Motoko Kusanagi – e será que desta vez Hollywood irá acertar em uma adaptação de manga/anime?
O post é mais no anime de 95 – disponível na Netflix. A história se passa no ano de 2029 em uma cidade fictícia de Niihama, neste futuro distópico onde o ser humano é capaz de aprimorar suas capacidades orgânicas, físicas e intelectuais: desde próteses que aprimoram e expandem as habilidades físicas e motoras, até cérebros-cibernéticos, que podem ser utilizados apenas para algumas melhorias, ou uma substituição por completa por um cérebro artificial – que é o caso da protagonista do filme, que têm seu corpo e cérebro compostos por unidades artificiais.
Os implantes cerebrais estão presentes em grande parte da população mundial, e neste cenário em que todos estão suscetíveis a ataques cibernéticos, um hacker misterioso vê a oportunidade de manipular as pessoas em prol de seus interesses – invadindo sistemas, roubando informações, ataques terroristas e hackeando cérebros. O desafio de encontrar o Mestre dos Fantoches, assim que denominam o hacker, torna-se pano de fundo para uma busca de identidade que a Major passa o filme se questionando sobre a sua existência, trazendo questões de identidade, consciência natural e singularidade tecnológica – o que faz dela um ser diferente de um ser humano qualquer?
 
Se você gosta de filmes com futuros distópicos e do gênero cyberpunk – sociedades com altos níveis de desenvolvimento tecnológico ambientada em um mundo que sofre com a qualidade de vida – você vai se apaixonar por essa obra japonesa. Ah, e vale relembrar: prestem atenção nas referências à Matrix, ou melhor, as referências de Ghost in The Shell que você encontra em Matrix. Fica a dica então pessoal, aqui embaixo vou colocar o trailer do filme live action que estreia ano que vem, até a próxima.

19 comentários:

  1. Confesso que fiquei um pouco confusa com tanta informação hahahahha Não conhecia a história então estava despreparada para o trailer, mas agora estou louca para assistir! Beijinhos, Beatriz.

    www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Não conhecia sobre esse anime,gosto muito de distopia, mas não sei se esse tipo me interessaria... Fiquei um pouco confusa com o enredo do mesmo.
    Beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    não conhecia, mas confesso que esta indicação vou deixar passar. Não pareceu ser muito o meu estilo.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  4. Não gosto muito de manga aaaaaah :(

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse filme ainda, não gosto muito do tipo, mas vou indicar para o meu marido :)
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  6. Meu amigo ia amar esse filme.

    http://www.blogsecretplace.com/

    ResponderExcluir
  7. Adorei essa indicação! Sou super fã de anime e essa história chamou muito a minha atenção!
    bjs
    http://marymicucci.com

    ResponderExcluir
  8. Ainda nao conhecia o filme, mas achei bem interessante.
    beijos!
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia esse mangá, mas achei a história bem interessante. Adoro essas histórias com futuro distópico. Depois vou procurar o anime na Netflix pra assistir.
    Beijos
    www.infinitafeminice.com.br

    ResponderExcluir
  10. Será que dessa vez eles acertam na adaptação Filipe? O trailer tá beeeem bacana, fiquei animada para assistir.

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  11. Adorei o trailler! Já quero ver, apesar que eu não curto mangá nem referências do Japão KKK, só de ver que tem atores americanos e não japas, já achei legal.
    bjs
    Patty Lye
    www.PattyLye.com.br

    ResponderExcluir
  12. Heey

    Já fui capturada pela atmosfera da estória. Adoro distopias futurísticas. Essa é uma boa dica e ainda tem no Netflix!!!

    Beeijos

    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  13. que trailer maravilhosooooo, já fiquei doida pra assistir. Pelo jeito vai ser muito bom!!

    http://www.teoremademahlli.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Que show esse trailler, parece ser bom viu?
    Beijos
    www.dreamsam.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. EU SOU TOTALMENTE VICIADA NISSO e to com o cu na mão, literalmente, de transformarem o filme num negócio de ação sem TODO PAPO CABEÇA que é o que faz o mangá e a animação. A COMPLEXIDADE de toda trama.... mas o filme vai ser PG13 então já perdi minhas esperanças.
    Porém visualmente tá extremamente fiel.

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    http://carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  16. Amei a dica de filme!

    http://nataliaantuano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir


Obrigada por visitar o Brilho de Aluguel!

Os comentários estão sendo moderados, mas responderemos assim que possível.

Dúvidas, sugestões ou reclamações? Envie um e-mail para blogbrilhodealuguel@gmail.com

 
Brilho de Aluguel © 2010 - 2017 | By Thayse Stein