16/06/2017

Diário de Viagem: Lages (dias 1, 2 e 3)

Oi, gente! Tudo bem? Fui para Lages, que fica na Serra Catarinense, neste mês de junho para conhecer a Festa do Pinhão e vou compartilhar meu passeio por lá com vocês. Saímos de Florianópolis numa segunda-feira comecinho de tarde e fizemos apenas uma parada, em Alfredo Wagner. Contando com essa paradinha de meia hora, era para chegarmos lá às 18h, mas pegamos um pouco de fila perto da pousada em que ficamos (já mostrei tudo por aqui), por conta de uma obra, o que atrasou nossa chegada.

 
Clique no botão ao lado para visualizar o post completo ❤ 

Logo que o ônibus entrou na área da pousada, um responsável já veio entregar as chaves, pulseirinhas e cartão eletrônico. Depois disso, pegamos as malas/mochilas e nos dirigimos aos quartos, onde deixamos as coisas e nos organizamos - ficamos hospedados nos apartamentos. O jantar começa a ser servido a partir das 19h e vai até as 21h, então jantamos e seguimos para o combinado de sair às 20h30 para a Festa do Pinhão. Foi minha primeira vez na Festa do Pinhão e eu nem imaginava que o Parque de Exposições Conta Dinheiro era tão grande e tinha tantos espaços legais!
Além do palco principal, onde acontecem os shows nacionais maiores, existem também outros palcos espalhados pelo evento, com outros estilos de música (pop, regionalista, infantil). No dia em que fomos, a entrada era gratuita, pois não haveria nenhum grande show. O ambiente é bem tranquilo e vão pessoas de todas as idades, de todos os estilos. Têm muitas barraquinhas de comidas e bebidas, além de um pavilhão com exposições, food truck, lojas de turismo, estandes que vendem artesanatos, souvenirs, roupas tradicionais, artigos e acessórios em couro, sobremesas e presentes. Algumas empresas grandes que patrocinam ou cobrem o evento também tem estandes por lá. A estrutura do evento é muito boa e eu gostei bastante da experiência - só achei os preços das comidas um pouco caros, mas compramos uma cocada marroquina ma-ra-vi-lho-sa que valeu cada centavo. 
Saímos da festa às 23h30 e voltamos para a pousada. No dia seguinte, acordamos 07h30, nos arrumamos e fomos tomar café (que é servido das 07h às 09h30). Saímos da pousada em direção ao centro de Lages às 09h. Ficamos com um tempo livre para caminhar pelo centro, passear pelo comércio e fazer algumas fotos. Depois disso, fomos ao Centro Cultural que é administrado pelo SESC e o prédio é bem bonito e tem algumas exposições bem legais, mas a nossa guia cometeu umas gafes ao falar de história que deixou a gente meio desconfiado! Na saída, ganhamos um livrinho de comemoração do centenário do Grupo Escolar, fundado por Vidal Ramos. Nossa última parada foi o Parque Jonas Ramos, onde funcionava um antigo tanque das lavadeiras - a guia foi contando pra gente várias lendas e histórias da região.


 


 


 

Almoçamos na pousada e às 14h fomos andar de pedalinho no lago (nunca tinha feito isso antes e achei bem legal). Depois demos uma super caminhada ao redor da pousada para conhecer melhor cada cantinho, passamos pelo campo de mini golfe, vimos os cavalos, o parquinho, a piscina, o lugar onde acontece o arco e flecha. Voltamos para o centro de convivência e pegamos os triciclos para dar uma volta - uma senhorinha bem simpática nos parou e disse que estávamos muito bonitinhos, aí pegou meu celular para fazer fotos e até filmou, bem querida. Seguimos para a degustação de chá do Espaço Tradição, com plantas cultivadas na horta da própria pousada. De lá, fomos pra sala de jogos por um tempo e mais tarde fomos jantar. Nossa última atividade foi um teatrinho de fantoche e aí encerramos o nosso segundo dia de viagem. 

 



 

No outro dia, acordamos no mesmo horário e fomos tomar café. Depois, seguimos para os estábulos para alimentar os animais - o que estava previsto na programação do dia. Soubemos que ia acontecer o passeio de charrete, mas demos prioridade para o arco e flecha, que queríamos mais e demos sorte de pegar na programação. Então, fomos dar uma caminhada pela pousada e depois fomos para lá. Também nunca tinha praticado antes e passei uma certa dificuldade, mas achei muito bacana. Seguimos para a estufa e passeamos por lá por um tempinho. 


 

 

Voltamos para fazer o check out e organizar as últimas coisas. Ficamos na sala de jogos e de lá, fomos almoçar. Tínhamos um tempinho antes de embarcar, então ficamos fazendo fotos, jogando jogos, e pegando um solzinho na grama. Saímos perto das 13h30, fizemos uma parada para quem queria comprar pinhão e pinhas, depois paramos novamente em Alfredo Wagner (como na ida) e chegamos em Florianópolis só às 19h, por conta das filas imensas. Espero que vocês tenham gostado do post. Beijos!

+ Confira o Post: SESC Pousada Rural em Lages

8 comentários:

  1. Eu vi o vídeo e já fiquei empolgada com a quantidade de coisas que tem pra fazer por lá. Eu adoro pousadas, são tão aconchegantes! E tava querendo muito ir pra serra mas ta meio dificil :/

    Bem legal o post, beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ❤ Guria, vai sim, se organiza e vai, porque vale muito a pena! É lindo demais lá *-* Beijos!

      Excluir
  2. Que fotos lindaaas *-*
    Eu já tinha visto seu vlog sobre essa viagem e agora vendo as fotos e lendo o post, nossa parece que foi bem legal!!
    Bem clima e viagem de inverno e tals, adorei hehe :)
    Ah, amei sua calça!!

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Primeiro: as fotos estão simplesmente maravilhosas! E segundo, parece ter sido uma experiência maravilhosa. Deu pra fazer muita coisa, né? Eu ainda não conhecia a Festa do Pinhão, mas parece muito legal mesmo. E esses pedalinhos existem aqui em Porto Alegre mas eu nunca andei, sou louca pra experimentar!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  4. Que saudade que me deu de viajar pelo sul do Brasil com esse post! Ainda mais no inverno <3
    Já tinha ouvido sobre Lages mas nunca parei por lá pra conhecer. Tanto canto legal pra conhecer em SC, né? Sabe que eu não lembro se eu já experimentei pinhão ou não? haha que dúvida que eu fiquei agora!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guriiia, tua ias lembrar, porque pinhão é TUDO DE BOM! Eu amo muito ❤ O Sul é lindo mesmo, sou apaixonada por Santa Catarina e a Serra vale muito a visita <3 Beijos!

      Excluir
  5. Que lugar lindo! Adorei! E confesso que fiquei de olho nessas mesas de sinuca, amo jogar, haha.

    ResponderExcluir


Obrigada por visitar o Brilho de Aluguel!

Deixe seu comentário e eu responderei assim que possível.

Dúvidas, sugestões ou reclamações? Envie um e-mail para blogbrilhodealuguel@gmail.com

 
Brilho de Aluguel © 2010 - 2017 | By Thayse Stein