03/03/2018

Diário de viagem: Praga (parte I)

Oi, gente! Tudo bem? No último post que saiu aqui no blog, mostrei o vídeo com o nosso passeio por Praga, na República Tcheca e anteriormente, já havia falado sobre o hostel em que nos hospedamos por lá. Hoje vou contar um pouco mais sobre os nossos dois primeiros dias na cidade que fica na Europa Central, mas já se encaminhando pro leste europeu, na região da Boêmia. Ficamos encantados demais com a cidade, é muito organizada e bonita e tem muitos parques com vistas estratégicas e panorâmicas de tirar o fôlego.
Chegamos por lá perto do meio dia e fomos direto pro hostel deixar as coisas mais pesadas. Depois disso, fomos almoçar num restaurante perto da região que estávamos, chamado Remember Vietnamese Food, cada prato saiu em torno de 119CZK. De lá, seguimos pra região da Torre da Pólvora (que aparece na foto acima).
Apesar do frio, pegamos dias lindos e com muito sol em Praga (dias com sol são geralmente muito mais frios que dias nublados, mas o sol dá uma animada e esquenta um pouquinho). Seguimos nossa jornada até o Havelské tržiště Market, um mercadinho de rua bem fofo que está aberto todos os dias e vende vários souvenirs tradicionais, acessórios e algumas comidinhas também.
De lá, fomos para a Old Town Square, que tem várias construções imponentes e é um espaço super importante para a cidade. De lá, saem vários free tours guiados pra vários cantos da cidade, e até pra outras cidades próximas. A região estava bem lotada e é um ponto bem turístico. Ficamos um pouco decepcionados porque o Relógio Astronômico está todo fechado para reforma (esse relógio medieval é um ponto must see da cidade e mostra os doze apóstolos a cada virada de hora).
Lá também vimos o monumento Jan Hus, a Igreja da Nossa Senhora e a Igreja de São Nicolau. Depois, caminhamos em direção ao rio Moldava pra dar de cara com essa vista linda do Castelo de Praga e ver a Karlův most, a ponte mais famosa da cidade que tem uma torre logo na entrada. O fim de tarde estava muito bonito e gelado por lá, com vários pássaros sobrevoando o rio super calmo.
Essas composições das casas com esses telhadinhos, nessa arquitetura muito fofa, porém não muito rebuscada combinando com várias igrejas e torres elaboradas, várias pontes diferentes, o rio e o sol iluminando bem amarelinho dá uma sensação inexplicável. É muito incrível ver tudo isso de perto!
Caminhamos um pouquinho pelo bairro judeu na volta pro hostel, mas basicamente foi isso que fizemos no primeiro dia, porque estávamos bem cansados (visto que optamos por viajar de ônibus pra lá, saindo da Holanda). De noite, ainda saímos pra ir no mercado e comprar água e coisas pra fazer uma jantinha lá no hostel mesmo... e estava super frio, vimos que ficaria difícil fazer qualquer programação a noite pela cidade.
No segundo dia, tomamos café no hostel e seguimos caminhando direto pra Mánesův most, uma ponte vizinha a Karlův most. Na foto abaixo, dá pra ver aquela torre que mencionei na entrada da ponte que havíamos visto no dia anterior. Atravessamos pro outro lado da cidade e fomos subir a escadaria do castelo.
Não é fácil subir morro no frio intenso (e isso foi uma coisa que fizemos várias vezes por lá, já que a cidade tem quase todos os parques em lugares altos), mas a vista sempre compensa. Essa cidade é hipnotizadora, dá vontade só de ficar olhando pra esse horizonte cheio de detalhes e belezas.
O Castelo de Praga é uma das construções mais importantes da cidade e é na verdade um complexo com vários edifícios diferentes. Foi fundado no século IX, já foi habitado por reis da Boêmia e atualmente serve como a residência presidencial. Em seu interior encontra-se Catedral de S. Vito (foto abaixo), Palácio Real do Castelo de Praga, Torre Dalibor, Convento de São Jorge, Viela Dourada. Ele é considerado, conforme o Guinness World Records Book, o maior castelo do mundo!
Caminhamos bastante por lá e depois seguimos para Malá Strana para ver a torre e o famoso muro dedicado a John Lennon que acabou formando um movimento expressivo enquanto o país passava por tempos de censura. 
 
O muro é cheio de frases e desenhos, bem colorido e interessante. Passamos por lá, fizemos algumas fotos, fomos até uma pontezinha que tem ali perto, ficamos admirando o local... tudo tão bonitinho que acabei até esquecendo de filmar o muro pra mostrar no vídeo da viagem.
Paramos pra finalmente experimentar o Trdelník (tem barraquinhas e lojas vendendo por toda cidade) um doce tradicional de lá que é uma espécie de pão mais durinho e fino, coberto com açúcar que pode ser recheado com várias coisas ou comido puro. Eu pedi de pistache e o Filipe pediu de chocolate branco, ambos bem saborosos e saíram por 60CZK cada.
De lá, caminhamos até o parque Petřín, enfrentamos uma super subida mas vale muito a pena, porque a vista de lá é maravilhosa. O espaço é bem bonitinho e tem várias construções legais, como a torre e o mirror maze). Depois disso, voltamos descendo as ruas (muito fofas e cheias de construções antigas, lojinhas) nos arredores do castelo.
Pra converter pra euro os valores em coroas tchecas, multiplicávamos tudo por 0.04. Por exemplo, algo que custa 85CZK (o valor de um wrap no McDonalds, por exemplo), era €3.40.

Espero que tenham gostado de saber dos nossos dois primeiros dias (ou um dia e meio, já que no primeiro chegamos de tarde) na cidade! Me contem nos comentários qual a parte vocês mais gostaram e continuem acompanhando os posts por aqui ❤ Beijos!

2 comentários:

  1. Ahh Praga <3
    Como eu amo essa parte da Europa! Eu me encantei bastante por Praga, peguei um tempo chuvoso por lá, mas mesmo assim deu pra ver o quanto a cidade é bem linda e com vistas maravilhosas. Quando eu fui (julho de 2017) o relógio tava em reforma ainda, fiquei chateada que queria subir lá a torre pra ter uma vista de cima do centro de Praga, mas né.. quem sabe numa próxima.
    Amei as fotos <3

    ResponderExcluir
  2. Thay, que fotos lindas! Que lugar incrível! *-*

    mariasabetudo

    ResponderExcluir


Obrigada por visitar o Brilho de Aluguel!

Os comentários estão sendo moderados, mas responderemos assim que possível.

Dúvidas, sugestões ou reclamações? Envie um e-mail para blogbrilhodealuguel@gmail.com

 
Brilho de Aluguel © 2010 - 2018 | By Thayse Stein